A fachada do prédio está em risco?
6 de novembro de 2019
Acessibilidade: mais que obrigação, uma necessidade
20 de novembro de 2019
Exibir tudo

Zelador: o braço direito do síndico

Só para exemplificar, é o zelador quem fiscaliza as áreas comuns, verifica o funcionamento dos equipamentos em geral, controla os afazeres diários, semanais ou mensais do condomínio. Dessa forma, o zelador é o braço direito do síndico. 

Que conhecimentos e habilidades considerar para contratar um bom zelador?  

Contar com um bom zelador é essencial para o funcionamento de um condomínio. Mas existem poucos cursos de capacitação para a função. Portanto, leve em consideração a experiência, bem como proatividade e dedicação. Além disso, é muito importante que o zelador esteja preparado para lidar com questões de segurança. 

Ademais, toda a demanda de um condomínio exige organização e planejamento. Bem como o trato com os outros funcionários, condôminos e inquilinos pede que o zelador seja firme, mas também discreto e ético. Só para ilustrar, é ele quem recebe as reclamações dos moradores e as repassa ao síndico. 

O que não é função do zelador?

É preciso tomar cuidado com o desvio de função ou acúmulo de cargos quando se discute a contratação de um zelador. Primeiramente, ele não pode fazer serviços sem que o síndico aprove. Em segundo lugar, não é justo nem correto perante a lei, sobrecarregá-lo com funções que não eram dele a princípio.

Geralmente, ele supervisiona o trabalho dos outros funcionários e muitas vezes auxilia-os em suas funções. Mas não pode substituí-los ficando na portaria, limpando a piscina ou efetuando reparos, por exemplo. O zelador precisa saber como funcionam todas as instalações do condomínio. No entanto, jamais deve substituir a mão-de-obra especializada.

Fonte: http://gestocon.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de ajuda?